Alexandre Harrisberger e Antonio Martinelli assinam a nova vitrine Villa Cores

Assinada pelos arquitetos Alexandre Harrisberger e Antonio Martinelli, a nova vitrine suspensa da Villa Cores chama a atenção de quem passa pela charmosa Avenida Madre Paula, na Vila Ema, de São José dos Campos.

Totalmente engajada com o momento político e econômico que o Brasil enfrenta, a vitrine criada pelos arquitetos representa a diversidade, de raças, credos e opiniões, assim como importantes debates que envolvem as minorias e os grupos sociais.

“Nos dias atuais, com o avanço da tecnologia, com a velocidade das notícias e a crescente interatividade que as redes sociais proporcionam a todas as pessoas, crescem também as discussões e a exposição de opiniões divergentes que tentam coexistir. Cresce também a coragem de alguns grupos que se sentiram por muito tempo oprimidos e vetados de exercerem a sua liberdade de escolha, opinião, preferência sexual e até mesmo como se enxergam e como gostariam de se apresentarem ao mundo”, afirma Alexandre, sócio de Antonio no Studio Arquitetura.

A vitrine é composta por esculturas desconstruídas de cabeças humanas revestidas com produtos da loja (papéis de parede e tecidos) sobre caixas de tamanhos e alturas variadas onde cada uma representa o pensamento voltado para o interior da pessoa.

Para compor a vitrine foram colocadas no fundo das obras algumas tiras de tecidos transparentes em tom neutro, para destacar as esculturas também na parte interna da loja e servir de fundo para a parte externa.

A diretora da Villa Cores, Herica Hellen, afirma que não poderia existir tema melhor para a nova vitrine. “Além de linda, a vitrine representa um pouco de cada brasileiro. Alexandre e Antonio foram muito criativos e sensíveis ao montar esse projeto para a Villa Cores”, disse Herica.

Formas e cores – A primeira cabeça presente na vitrine representa a luta dos LGBTs no mundo global e o papel utilizado é composto pelas cores da bandeira que representa a causa. A segunda é recoberta por papel preto, representando as pessoas com opiniões conservadoras, sem abertura para refletir sobre outros pontos de vista. A terceira cabeça foi revestida de papel com estampa de dólares, para representar as pessoas que não se importam com os outros, somente com o lucro, em ficar do lado de quem está ganhando e, consequentemente, de quem tem mais poder. A caixa de apoio é a mais alta e segundo os arquitetos representa o poder que essas pessoas possuem. Já a quarta cabeça foi estampada com notícias, representando as pessoas que estão sempre antenadas e recebendo a todo momento uma imensa carga de informações que são absorvidas e podem passar por reflexão posteriormente. A quinta e última cabeça foi revestida com folhagens verdes, representando as pessoas com consciência ambiental e preocupadas com o futuro do meio ambiente.

Com cerca de 20 anos no mercado, a Villa Cores Revestimentos e Decoração atua nos segmentos de papel de parede, cortinas, persianas, toldos, tapetes e tecidos. A Villa Cores participa dos programas de relacionamento Polo Vale Decor e Talent Hunter Douglas. Mais informações: www.villacores.com.br

Fonte by Código BR

Sua opinião é muito importante

%d blogueiros gostam disto: