Banksy em Paris

Banksy está de volta, dessa vez na França, mirando a repressão do governo francês contra migrantes em uma série de novos graffitis em Paris.

Um dos artistas de rua mais conhecidos no mundo espalhou, mais uma vez, sua arte pela capital francesa, são seis obras críticas nas paredes de edifícios pela cidade. Banksy retrata em sua arte sua aversão a dura política anti migrante da França, com quase 40 campos improvisados ​​arrasados ​​em Paris nos últimos três anos.

Em um dos murais, há uma jovem negra pintando uns arabescos de papel de parede cor de rosa sobre uma suástica numa parede ao lado de seu saco de dormir e ursinho de pelúcia, na tentativa de tornar seu pedaço de chão mais aconchegante e confortável. O graffiti está em uma das paredes no norte de Paris, ao lado de um abrigo oficial de refugiados que foi controversamente fechado em março.

Com grande influência do artista inglês Blek Le Rat, os ratos de Banksy estão ao redor da cidade de formas que interajam com graffitis locais e fachadas de edifícios, pode parecer que eles estão se divertindo explodindo as coisas, mas, na verdade, eles são um lembrete de um período volátil de agitação civil que ocorreu em maio de 1968, quando o governo deixou temporariamente de funcionar. Os roedores são, mais uma vez, a metáfora que Banksy usa para pessoas da classe trabalhadora que fazem mudanças significativas quando se unem e lutam por causas semelhantes.

 

Fotos by WhereTheresWalls

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *