Exposição Aninhar: um interior afetivo

A exposição “Aninhar: um interior afetivo” é composta por pinturas e fotografias que representam a interação da artista Lindsay Ribeiro com objetos manufaturados por ela, para propor uma reflexão sobre sua relação com o próprio corpo.

Segundo a artista, a linha de reflexão traçada nessa pesquisa se relaciona com a capacidade que seu corpo possui de se proteger, se abrigar e de ser seu refúgio, em momentos de reflexão, fragilidade e recolhimento. Nesse projeto, seu corpo é representado pela metáfora do ninho, defendida pelo filósofo Gastón Bachelard.

Para Bachelard o ninho é esconderijo, abrigo ligado aos conceitos de acolhimento e recolhimento. Entre outras coisas, o ninho também é um elemento que remete ao lugar que se habita, que é construído por meio do instinto, da vivência e da experiência. Através da produção visual, a artista é capaz de aproximar de si mesma, de mostrar-se mais verdadeira perante a ela mesma e aos outros, é capaz de encontrar seu lugar no mundo e tentar entendê-lo através da consciência corporal e do autoconhecimento.

A exposição acontece nessa sexta feira 01/02 no SESI São José dos Campos, não perca!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *